Arquivo

Archive for the ‘companhias aéreas’ Category

As companhias aéreas e aeroportos mais pontuais do mundo

A Copa Airlines do Panamá e o Aeroporto de Haneda em Tóquio são a companhia aérea e aeroporto mais pontuais do mundo

copa airlines
A Copa Airlines do Panamá foi coroada a companhia aérea mais pontual do mundo de 2018 em uma pesquisa global.

A Air Baltic da Letônia ficou em 2º lugar dentre as aéreas que chegam ou partem dentro de 15 minutos dos horários programados, de acordo com um relatório da empresa de dados OAG Aviation Worldwide Ltd. A Hong Kong Airlines, a Hawaiian Airlines e a Bangkok Airlines ficaram entre as cinco mais pontuais.

Companhia País/Região Pontualidade (%)
Copa Airlines Panamá 89.8
Air Baltic Letônia 89.2
Hong Kong Airlines Hong Kong 88.1
Hawaiian Airlines EUA 87.5
Bangkok Airlines Tailândia 87.2
Qantas Airlines Austrália 87.2
Latam Airlines Chile 85.6
Azul Brasil 85.2
Qatar Airways Qatar 85.2
KLM Holanda 84.5

O crescimento econômico e uma classe média que aumenta cada vez mais ajudarão a dobrar o número de passageiros que viajam de avião no mundo para 8,2 bilhões em 2037, projetou a Associação Internacional de Transporte Aéreo.

Mais da metade desses viajantes são da região Ásia-Pacífico, impulsionados pela demanda de países como a China e a Índia.

Cerca de 4,3 bilhões de passageiros viajaram de avião no ano passado, 6,1% mais do que em 2017, de acordo com um relatório preliminar da Organização da Aviação Civil Internacional das Nações Unidas. As aéreas preencheram um recorde de 81,9% de suas poltronas em 2018, disse.

haneda airport international terminal

Os aeroportos mais pontuais
A classificação dos aeroportos mais pontuais foi dividida de acordo com o porte dos locais.

Dentre os mega-aeroportos classificados pela OAG – aqueles que atendem mais de 30 milhões de passageiros – o de Haneda, em Tóquio, ficou no topo da lista de pontualidade, pelo 4º ao consecutivo. O ranking tem base na proporção de voos em cada aeroporto que chegam e partem dentro de 15 minutos dos horários programados.

Aeroporto País/Região Pontualidade (%)
Haneda Japão 85.6
Atlanta EUA 82.2
Singapura Singapura 80.7
Denver EUA 80.7
Los Angeles EUA 80
Madrid Espanha 79.2
Dallas/Forth Worth EUA 78.2
Amsterdã Holanda 77.7
Bangkok Tailândia 77.2
Chicago EUA 76.7

Dentre os aeroportos principais (20 a 30 milhões de passageiros) o de Moscovo Sheremetievo foi o mais pontual (87%), enquanto para a categoria porte grande (10 a 20 milhões de passageiros) o de Osaka (88.22%) ficou no topo da lista

O aeroporto de médio porte (5 a 10 milhões de passageiros) mais pontual do mundo é o do Panamá ( 91.11%).

O de Minski, na Bielorússia, é o aeroporto de pequeno porte (2,5 a 5 milhões de passageiros) mais pontual, com 92,35% dos voos chegando ou partindo no horário programado.
Fonte: Portal Mie com Business Insider, OAG

Anúncios

Passageiros serão obrigados a pagar por bagagem em voos a partir de março

Segundo o Idec, não há garantia sobre a redução do preço da passagem com o fim da franquia de bagagem

malas
A partir de março do ano que vem, as companhias aéreas não terão mais que oferecer obrigatoriamente uma franquia de bagagens aos passageiros.

Isso significa que os viajantes vão poder escolher, na hora de comprar a passagem, se vão despachar ou não as bagagens. Para quem optar pelo serviço, poderá haver cobrança pelo volume despachado. A medida valerá para passagens compradas a partir de 14 de março de 2017.

Atualmente, a franquia de bagagens é de um volume de 23 quilos nos voos domésticos e de dois volumes de 32 quilos nos internacionais.

As novas regras para o transporte aéreo de passageiros estão em consulta pública desde março e deverão ser aprovadas pela diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) nesta terça-feira (13). Para a agência, a liberalização das franquias vai trazer benefícios aos passageiros.

“A Anac não vai mais dizer que o passageiro vai ter que pagar necessariamente por uma peça de 23 quilos. Pode ser 23 quilos, 10 quilos, 15 quilos. O que não faz sentido é a Anac continuar estipulando que as empresas são obrigadas a seguir esse modelo no mercado doméstico e também internacional”, disse o superintendente de Acompanhamento de Serviços Aéreos da Anac, Ricardo Catanant, em entrevista transmitida pelo Facebook.

Segundo Catanant, os estudos da agência e o comportamento do mercado no resto do mundo demonstram que o fim da franquia beneficia os passageiros. “Acreditamos que isso deverá se refletir em melhores e mais diferenciados serviços”. Segundo ele, o impacto da mudança no valor das tarifas deve ser sentido pelos passageiros a partir da metade do ano que vem.

O secretário de Política Regulatória de Aviação Civil, Rogério Coimbra, disse que, no ano passado, 41 milhões de pessoas viajaram no Brasil sem levar bagagens, o que equivale a cerca de 35% do total de viajantes.

“Imagina quantas pessoas deixaram de viajar por conta dessa impossibilidade de ter um bilhete mais barato.” Atualmente, além do Brasil, apenas Rússia, Venezuela, México e China têm a franquia de bagagem regulada pelo governo.

A Anac ainda não consegue estimar qual será a redução no preço das passagens com a mudança. “Mas temos convicção de que essa medida puxa o preço para baixo”, afirmou Coimbra.

Segundo o secretário, sabendo com antecedência quanta bagagem deverá levar em cada voo, a companhia aérea poderá prever o espaço que será utilizado no porão da aeronave e usar o restante para o transporte de cargas.

Direito do consumidor
Para o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), não existe garantia sobre a redução do preço da passagem com o fim da franquia de bagagem. Segundo o órgão, não há regulação sobre a oferta do serviço ao consumidor, o que poderia confundi-lo na hora da compra.

O Idec encaminhou uma carta à Anac para reforçar os direitos dos consumidores que utilizam o transporte aéreo.

Assistência material
Na reunião desta terça, a diretoria da Anac deverá manter os direitos dos passageiros no caso de atrasos ou cancelamentos de voos, como comunicação, alimentação, transporte e hospedagem.

A proposta apresentada pela agência em março previa que o direito à assistência material poderia ser suspenso em casos de força maior imprevisível, como mau tempo que leve ao fechamento do aeroporto. Segundo Catanant, essa mudança foi revista depois da avaliação de órgãos de defesa do consumidor, que consideraram a medida um retrocesso.

“A agência está ponderando e a tendência é que a assistência material válida desde 2010 deve permanecer inalterada, se a diretoria aprovar da forma que a área técnica encaminhou”, disse.

A possibilidade de transferência do bilhete aéreo para outro passageiro também não deve ser aprovada, informou Catanant. Segundo ele, a medida poderia prejudicar o consumidor, uma vez que agências de viagem poderiam comprar as passagens mais baratas para revender depois.
Fonte: Alternativa

Empreiteiras no Japão

Emprego - passagem - tradução - visto para o Japão

Turismo para o Japao e Oriente

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, koseki tohon, japan rail pass, dicas e informações sobre viagens

Vaga no Japão

Vagas e notícias do Japão

Visto japonês: nissei, sansei, yonsei, cônjuges e turismo

Como tirar visto japonês - contato@vistojapones.com.br - www.vistojapones.com.br

Passagem aérea para o Japão, Tóquio, Nagoya ou Osaka

Passagens aéreas, pacotes de turismo, seguro viagem, reserva em hotel, visto japonês, venda Japan Rail Pass

WordPress.com

WordPress.com is the best place for your personal blog or business site.